Mai

26

TP356

por Ricardo Cruz
The planform of an A320 is well shown on Finnair's second A320-200 just after takeoff

Image via Wikipedia

Lisboa, aeroporto da Portela, 15:00. Sou empurrado contra o meu banco por uma força que me arrasta em direcção ao céu meio enublado. Não tarda vejo Lisboa ao meus pés e pela primeira vez a palavra saudade ganha outra cor, a do céu azul.

Começa assim este blog, que antes de tudo será o descarrego do dia a dia de um português emigrante como tantos outros. Este post vem já algo atrasado, não se admirem se virem uma palete de parágrafos sucederem-se uns aos outros em catadupa, é preciso recuperar o atraso de uma semana ;)

Dito isto espero poder contar com vocês para construir este blog em conjunto, ele também é para vocês.

Passa já das 17:00, e começamos a descer do meu primeiro voo. A discussão é se vemos a costa francesa e se vemos já o Sul das ilhas britânicas… 2 minutos mais tarde e percebemos serem as segundas. À janela vejo aparecerem as linhas de Heathrow, e não é que é mesmo. Esqueci já a turbulência da descida, que dizem ser normal por estas terras. O piloto do TP356 faz por arranhar os pneus do Airbus 320 ao longo dos primeiros 2 kms de pista.

Os senhores com cidadania europeia seguem por um corredor especial. Mostro o meu BI de tamanho XL a uma menina simpática, dos serviços de emigração do reino unido. Thank you. É quando saímos do nosso canto que nos apercebemos o que significam as facilidades de uma união política (pelo menos até certo ponto) e económica de estados. Se era um europeísta moderado, passei a sê-lo convicto.

Responder